Mulheres líquidas são sólidas

Em marcha mulheres, em marcha!

Mulheres são fluídas

Mulheres são água

Mulheres são fonte!

Mulheres são líquidas e é em sua fluidez que encontram sua força.

Entre os antigos um dos sinônimos da palavra pecado era “dureza de coração”.

Entendo que situações da vida endurecem o coração de muitas,

mas o que peço é que não se permitam a estagnação nas poças sujas com pedaços do passado.

A vida é uma infinidade de novos começos, mas para isso é preciso que sigam!

Somente a fluidez pode transformar um coração de pedra em um coração d’água.

Quanto maior a rigidez, maior a dificuldade de chorar.

Deixa chorar, não tenha medo, chorar transborda o corpo de sentimentos parados e palavras não ditas.

Chorar não é coisa de fraco, é coisa de gente.

A mágoa é a dor do não chorado. É a âncora que nos prende ao passado e não nos permite o perdão.

E sem o perdão a estagnação acontece, a vida para e o coração endurece.

O perdão não serve ao outro e sim a você, é a chave que te liberta para novos começos.

Em marcha é esposar o instante, é viver o presente e aproveitar para fluir ao desconhecido.

Não se detenha nos tanques do conhecido, permita-se correr junto a correnteza do rio e ele te levará a novos mergulhos.

Sua Alma lavada te prepara para um novo despertar.

E como é bom recomeçar!

Em marcha mulheres, em marcha… sempre!



Paula Dutra

  • Logotipo Facebook
  • Logotipo do YouTube
  • Logotipo do Pinterest
  • Logotipo do Instagram